Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

* A Poesia *

 ***

Abro minhas asas para embelezar
Não as preciso para voar.
Vou longe por mim mesma
Minha vontade me conduz...
Tiro minhas vestes e solto os cabelos
Deixo-me levar pelos ventos...

Não preciso de embalagem e máscaras
Não tenho vergonha de ser e querer.
Não preciso prender-me, conter-me...
Abro-me toda, dou-me por completa.

Assim eu sou...
Desde que do casulo saí
Nada mais me prende.
Aprendi a me soltar
Sem ter medo de cair...

***

Autor: Carolina Salcides

 

 

publicado por ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ às 11:00
link do post | comentar | favorito
:
De menina sonhadora♥ a 1 de Fevereiro de 2009 às 15:43
Queria amiga eu tamebem ja te adicionei :)já vais poder ver os meus posts todos :)
beijnhos
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 1 de Fevereiro de 2009 às 15:48
Olá linda,
obrigado, mas toma atenção que penso que deixei lá o link do outro blog, gostava quer tb o visitasses...se quizeres claro,beijinhos carinhosos
De Fisga a 3 de Fevereiro de 2009 às 11:28
Olá amiga Estrelinha. Sinto pela minha ausência, mas ultrapassou-me a possibilidade de o fazer, sou a cada dia que passa menos elástico. Muitos parabéns pelo poema da Carolina Salsides, tiveste muito bpom, gosto ao escolhe-la. Um beijo Eduardo.
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 3 de Fevereiro de 2009 às 19:33
Boa noite Eduardo,
Não penses nisso amigo, nós...cada um tem a sua vida, uns com o tempo mais desocupado outros sob stress constante, mas o que importa é a amizade,e eu sei que não te esqueçes da amiga Estrelinh@ e prova disso é tu estares aqui, o poema andei a pesquizar na net poemas sobre fadas e entre eles apareçeu este e foi o que mais gostei, já tenho postado mais poesia dela e gosto, beijito carinhoso, amigo Eduardo.
De Fisga a 3 de Fevereiro de 2009 às 20:19
Olá estrelinha. Os meus amigos Virtuais não me esquecem, nem mesmo os condicionais. Tu não és assim, tu és amiga incondicional. és do peito. Um beijinho Eduardo.
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 3 de Fevereiro de 2009 às 21:18
Boa noite amigo Eduardo,

tu deixas-me até lisongeada com tto carinho, sou amiga e quando sou sou, obrigado por me teres como uma amiga do peito...

Beijito carinhoso
De Fisga a 4 de Fevereiro de 2009 às 17:39
Olá amiga Estrelinha. Estamos quites. Eu quando Sou também sou de verdade, E como não engano ninguém , quem me enganar, não tem segunda oportunidade. Um beijinho. Eduardo.
De Fisga a 5 de Fevereiro de 2009 às 12:28
Olá Amiga Estrelinha.Vim só para te dar um beijinho, e dizer-te que tens um desafio no meu blog. Espero que gostes, pois trata-se de uma confissão mas ao mesmo tempo de um desabafo. Eduardo.
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 5 de Fevereiro de 2009 às 12:54
Boa tarde Eduardo, obrigado plo beijinho que agradeço e retribuo, quanto ao desafio vou já ver.
De Fisga a 5 de Fevereiro de 2009 às 19:37
Olá Amiga Estrelinha. Não tens que agradecer, afinal um beijinho e um sorriso, até os mais pobrezinhos podem dar sem que lhes faça falta. Beijinho Eduardo.
De Cöllyßry a 6 de Fevereiro de 2009 às 19:29
Olá Estrelinha, embala este teu lindo Poetar...

Tem mais prémios, terno beijo
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 7 de Fevereiro de 2009 às 15:54
Olá minha querida,
sempre carinhosa e doce,
obrigado plos prémios vou buscar,
beijito carinhoso.

Comentar post



*Estrelas a ver*

online

*Já passaram por aqui*

Contador acessso

*Hora Estrelar*

*Fada protectora do Blog*

D.M Graphics

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28



links

posts recentes

Não é um conto de fadas

Além da Terra, além do Cé...

Porque chora uma mulher?!

*Andei Léguas de Sombra *

*Happy new year*

*Natal*

*Parabens minha jóia*

*Fernando Pessoa*

*Sejamos*

*Choro de uma mulher*

arquivos