Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

CONCRETA

        000h872y     000h872y     000h872y

Já bati contra o muro,

já me vi em ruas sem saidas,

já chorei muito,mas já ri muito mais.

000h872yPorque não há parede que me bloqueie,000h872y

escuro que me afugente,

eu vivo a vioda urgente!

Eu posso voar se chegar ao fim...

000h872yPorque não há fim para uma alma eterna,000h872y

não há bréu onde há brilho,

e eu brilho sim meu amor!

Eu deixo a minha marca,

te dou o meu sorriso,

minhas palavras...

000h872yMeus olhops falam por mim,000h872y

não preciso de definições,

minha façe me define.

O clima me destingue...

não sou musa.

Bem que queria ser arte,

000h872ymas não ser julgada pelo olhar comum.000h872y

Quero um olhar detalhado,estudado.

Não palavras ditas,só por dizer.

Ser admirada,ponto a ponto de uma arte,

nem um ponto obstrato.

000h872y     000h872y       000h872y   

tags:
publicado por ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ às 00:00
link do post | comentar | favorito


*Estrelas a ver*

online

*Já passaram por aqui*

Contador acessso

*Hora Estrelar*

*Fada protectora do Blog*

D.M Graphics

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28



links

posts recentes

Não é um conto de fadas

Além da Terra, além do Cé...

Porque chora uma mulher?!

*Andei Léguas de Sombra *

*Happy new year*

*Natal*

*Parabens minha jóia*

*Fernando Pessoa*

*Sejamos*

*Choro de uma mulher*

arquivos