Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

A FACE DA PAZ

 

            

Estampa-se na própria face

Meu ego desnudo

E é tal o desabuso

Que ás horas conclamo.

Fazei todos vós de mim

Simples e fiel serva,

Pois ante a magnitude

Do céu,silêncio e destino

Que a mim também alude

Encontro razões de ser

Somente em ti

Agora totalmente dispersa

Ouço na alma,o clamor inverso

Elevo ao éter,súplices as mãos

Pois nada mais me resta

Se não,desfazer-me de mim

Entre cruzar as armas da auto-defesa

Reintegrando-me á paz

Pulverizar as máscaras cotidianas

Vir de facto,perder-me em ti

Em teu ser imanente

OH!Sublime face

 

Fonte de Amor sem fim!

sinto-me: beeeeeeeeeeem
tags:
publicado por ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ às 00:00
link do post | comentar | favorito


*Estrelas a ver*

online

*Já passaram por aqui*

Contador acessso

*Hora Estrelar*

*Fada protectora do Blog*

D.M Graphics

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28



links

posts recentes

Não é um conto de fadas

Além da Terra, além do Cé...

Porque chora uma mulher?!

*Andei Léguas de Sombra *

*Happy new year*

*Natal*

*Parabens minha jóia*

*Fernando Pessoa*

*Sejamos*

*Choro de uma mulher*

arquivos